Joe Berardo

 

Como Berardo chegou aos 1,9 mil milhões

Chegou vestido de encarnado mas vestiu-se de preto para as fotografias. História, na primeira pessoa, de Berardo.

“As pessoas são tudo. Afinal o que é que eu sei fazer? Nem ler eu sei bem”

“Tive uma vez um motorista que um dia roubou a carteira de alguém que ia no carro comigo”


About João Monge Ferreira

Desejo que cada uma das pessoas empreendedoras que estão dentro de empregos desalinhados com os seus talentos, conquistem a liberdade para abrirem seus próprios negócios.

Posted on 2007/06/18, in A Alma do Guerreiro, A Voz do Guerreiro. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: