Mercados

Publicado 28 Março 2008

Fernando Braga de Matos

Passaram sete dias, mas uma semana na bolsa não é nada, tudo depende do inesperadamente notável vir a ocorrer, e até hoje, domingo de Páscoa, nada se passou de muito visível (a descida da taxa da juro do FED já era esperada, mesmo nesta dimensão de 0, 75%).

Mas olhar para trás é às vezes bom exercício, mesmo correndo o risco de se ficar transformado numa estátua de sal, como a mulher de Lot.

Pois nesta interessante actividade, pus-me a olhar para a Bolsa de Nova Iorque, a única que conta e de que realmente quase tudo depende, para confirmar que o diagnóstico (reservado) não foi desmentido, e tentar devassar para além das brumas. Quando isto for publicado, já muito pode ter ocorrido e o leitor deverá ter isso em consideração, sem embargo da validade do que aqui escrevo. Como nesta incerteza ninguém sabe o que por aí vai ou vem, dar umas pistas para pensar é bem bom. Adivinhar não existe, conjecturar com fundamentos é o que aqui se tenta.  Cont.(JN)

About João Monge Ferreira

Desejo que cada uma das pessoas empreendedoras que estão dentro de empregos desalinhados com os seus talentos, conquistem a liberdade para abrirem seus próprios negócios.

Posted on 2008/04/04, in A Alma do Guerreiro, A Arte, A Voz do Guerreiro, Camaradas de Guerra, Economia, Ecos da Guerra, Mercados Financeiros, Psico Análise and tagged , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: