Arquivos de sites

Um retrato social de Portugal

Portugal retrato social

O INE publicou recentemente “Um retrato social de Portugal: uma leitura de evoluções ocorridas nos últimos anos”.

Este é o mais completo e aprofundado retrato ao país e revela dados sociais como: esperança média de vida, PIB por habitante, pessoas coma cesso à internet, casos de SIDA diagnosticados, entre muitos outros.

Eis o resumo do documento revelado pelo INE:

Em Portugal, existe cada vez maior esperança média de vida à nascença. Nascem e morrem menos pessoas. Casa-se cada vez menos e mais tarde. As famílias têm cada vez menos filhos.
Em 2011, os casos de SIDA diagnosticados nesse ano e os óbitos por VIH diminuíram. Por outro lado, aumentaram as mortes por cancro.
O abandono precoce de educação e formação manteve a trajetória de redução e registaram-se mais pessoas inscritas no ensino superior.
Cada vez maior número de famílias tem acesso em casa a computador, à Internet e à banda larga.
Houve menos dormidas na hotelaria e menos viagens ao estrangeiro, por razões de lazer ou férias.
As autoridades policiais registaram menos crimes.
O PIB por habitante decresceu, em termos reais; o Consumo Final da Famílias e o montante dos empréstimos para compra de habitação, também diminuíram.

Estas são apenas algumas das principais conclusões de um retrato muito mais vasto e abrangente, resumido no presente Destaque e cuja informação integral pode ser encontrada na publicação hoje disponibilizada em www.ine.pt.

Anúncios

Portugal com o quarto maior desemprego na Europa

O Eurostat não mexeu na estimativa do desemprego em Portugal em Novembro. A taxa é de 11%.

 

A taxa de desemprego em Portugal fixou-se em 11% em Novembro, um valor igual ao observado no mês anterior e superior em 0,8 pontos percentuais ao registado no período homólogo de 2010, confirmou hoje o Eurostat.

Os mesmos dados revelam que no conjunto da zona euro, o desemprego ficou nos 10,1% em Novembro, valor igual ao registado em Outubro.

O Gabinete de Estatística Europeu mostra ainda que Espanha apresenta a taxa de desemprego mais elevada, nos 20,6%. A Eslováquia (14,5%), a Irlanda (13,9%) e a Hungria (10,3%) são os únicos países que registam taxas superiores à registada em Portugal.

Na União Europeia a 27 a taxa manteve-se nos 9,6%, inalterada desde Março do ano passado.

No total, o Eurostat estima que existissem 23,24 milhões de homens e mulheres desempregados nos 27 países da UE, em Novembro. Destes, 16 milhões estão na zona euro.

 

Indicadores

Taxa de inflação homóloga diminui para 0,2% – Janeiro de 2009

Produto Interno Bruto diminuiu em volume 2,1% no 4º trimestre de 2008 – 4.º Trimestre

Destaques do INE

Contas nacionais trimestrais por sector institucional

Abrandamento do Volume de Negócios no Comércio a Retalho

Taxa de variação homóloga negativa na Produção Industrial

INE divulga resultados preliminares das Estatísticas das Empresas

Dados do INE

Em linha com o enquadramento internacional, a informação de conjuntura disponível para Portugal continua a indicar o abrandamento da actividade económica.

%d bloggers like this: